Prefeito consegue abertura de poços artesianos para Porto Alegre junto a ATS

 

 

Preocupado com a estiagem e com a falta de água no sertão, o prefeito de Porto Alegre Renan Cerqueira (PR), não tem medido esforços para buscar medidas que venham solucionar o problema de quem mora na zona rural do município e que todo o ano sofre com a falta de água devido o período de “seca” que compreende seis meses sem chuva.Na tarde desta terça-feira, o prefeito esteve na Agencia Tocantinense de Saneamento (ATS), em reunião com o presidente, Eder Fernandes (Edinho), que confirmou ao prefeito a abertura de poços artesianos para três assentamentos do município.
De acordo com o prefeito, a abertura dos poços além de devolver dignidade ao povo porto alegrense, trás também o sentimento de esperança para quem vive da agricultura. “Sabemos das dificuldades enfrentadas por quem vive no campo com a falta de água. Desde que assumimos essa gestão, estávamos buscando meios para conseguirmos levar agua para esse povo que sonha com a abertura de poços. Essa parceria com a ATS e com o Governo do Estado vai ajudar muitas famílias do nosso município”, destacou o prefeito. "Vamos continuar trabalhando para oferecer para o nosso povo condições de vida e de trabalho em nossa terra", afirmou Renan.
O presidente da ATS informou que na próxima semana, uma equipe técnica da Agência junto com uma geóloga, deve chegar à cidade para iniciar um estudo para o inicio da perfuração dos poços. “É com muita satisfação que estamos adentrando o Sudeste para levar água a quem precisa. Porto Alegre pode ter certeza que seremos parceiros nesse projeto do prefeito Renan em levar água para sua população”, disse.
Ainda de acordo com Edinho, além das cisternas que foram instaladas no município, a ATS vai perfurar os poços e construir mais seis barragens, que vai garantir água para as comunidades da zona rural no período de estiagem. “Estamos cumprindo a determinação do Governador Marcelo Miranda (PMDB) que é levar água para essa região que todo ano sofre com a estiagem. Não mediremos esforços para garantir que Porto Alegre volte a produzir em sua agricultura familiar através da água que logo chegará às propriedades daquela comunidade”, destacou.